Programa garante crédito de até R$ 80 mil com juros baixos e garantia do Município



Lançado na terça-feira, 7 de junho, o Programa São Léo Mais Crédito na Sala de reuniões do gabinete do prefeito. A iniciativa, que surge de um projeto de lei do Executivo aprovado na Câmara de Vereadores em 2021, tem como objetivo enfrentar as dificuldades econômicas geradas pela pandemia de Covid-19 através da facilitação do acesso ao crédito para micros e pequenos empresários do município.

O prefeito Ary Vannazi ressaltou,“o programa está dentro de um projeto de desenvolvimento econômico para toda a cidade. Queremos estabelecer uma base econômica forte nesse momento de retomada e, para isso, precisamos olhar para os micros e pequenos empresários”, apontou.

A ideia é garantir para esses empreendedores o acesso a valores nas faixas de R$ 10 mil, R$ 30 mil e R$ 80 mil, auxiliando na saúde financeira de seus negócios e, consequentemente, na economia de toda São Leopoldo. Segundo o secretário de Desenvolvimento Econômico, Turístico e Tecnológico (Sedettec), Juliano Maciel, o programa impulsionará a economia municipal. “O São Leo Mais Crédito é um vetor de acesso ao crédito extremamente importante e que vai impulsionar a nossa economia. É mais um passo que damos para tornar a cidade cada vez mais atrativa para quem quer empreender”, comentou.

O secretário também lembrou do impacto positivo na geração de empregos. “Temos o melhor saldo de empregos do Estado nos últimos três anos e o programa nos ajudará a manter esse ponto positivo durante os próximos anos”, concluiu Maciel.

Para que o programa seja concretizado, houve um aporte inicial da prefeitura no valor de R$ 200 mil para criação de um fundo garantidor, que já conta com a participação da RSGaranti como associação garantidora, além da Sicredi Pioneira e do Sebrae/RS. Com isso, estima-se que o Fundo Municipal de Garantia disponibilize até R$ 7,2 milhões em crédito com juros de 1,59% para quem se enquadrar nos critérios do programa.

A líder do governo na Câmara, vereadora Iara Cardoso destacou a iniciativa. “Desde quando o projeto foi para o Legislativo e lá debatemos muito a sua importância, sabíamos que esse tema seria uma grande oportunidade que o nosso governo está possibilitando para que pequenos e médios empresários encontrem um alento para superar esse momento da economia”, afirmou.

Da mesma forma, Angelo Artur Mestriner, presidente da RSGaranti, ressaltou, “é um fundo que se retroalimenta, não sendo restrito a um período, o que possibilitará sua continuidade ao longo dessa e das próximas gestões. Um projeto que já deu certo, sem dúvidas”, observou.

Além da concessão de crédito, haverá a capacitação dos empresários, conforme abordou a coordenadora de atendimento do SEBRAE/RS, Bianca Rossi Dauber. “Atuaremos em diversas capacitações para que possamos preparar os empresários em como e onde melhor investirem o crédito, além da gestão da empresa”, destacou.

Plataforma Uma plataforma online e exclusiva de acesso ao programa também foi lançada, permitindo que as pessoas interessadas busquem mais informações e acessem os recursos através do

https://www.sicredipioneira.com.br/saoleomaiscredito/

Também estiveram presentes os secretários Geral de Governo, Nelson Spolaor, Administração, Thiago Gomes, Mulheres, Inajara Pfiel, o diretor-geral do Semae, Geison Freitas, os vereadores Rafa Souza e Fabiano Haubert (PDT), diversos representantes das instituições financeiras, agentes do governo, e entidades.

Foto: Estevan Benacchi Texto. Rodrigo Pereira - Estagiário de Jornalismo - Supervisão Patrícia Duarte - Jornalista - MTb 7684

7 visualizações0 comentário